Brasil

Escolas de Campinas registram surto de Covid

Escolas de Campinas registram surto de Covid
Crédito da foto: Reprodução Internet

Ao menos três escolas privadas e uma pública de Campinas registraram casos de Covid-19 desde a volta às aulas, no fim de janeiro. O caso mais grave é no Colégio Jaime Kratz, onde 37 funcionários e cinco alunos foram infectados.

Uma professora está internada, em quadro estável. As aulas presenciais foram suspensas até o dia 18. Com 1,3 mil alunos, a escola tinha aulas presenciais desde o dia 25, com rodízio de 35% dos estudantes por dia. A direção diz adotar “todas as medidas”, como distanciamento social, máscara e álcool em gel, além da desinfecção diária.

A Vigilância Sanitária de Campinas diz que o surto entre docentes teve origem na semana anterior às aulas, “em reuniões de treinamento e planejamento onde ocorreram quebras das medidas de barreira”.

Já o Colégio Farroupilha, de ensino infantil e fundamental, registrou a infecção de uma professora e uma aluna, filha da docente, após o retorno, no dia 26. Como prevenção, suspendeu as aulas presenciais anteontem, até o dia 14. Segundo a Vigilância Sanitária da cidade, não se trata de surto. O Ministério Público pediu esclarecimentos às duas escolas.

Outro colégio privado registrou um caso, em que a vigilância constatou “transmissão domiciliar”. Há ainda um outro em uma escola estadual. (Priscila Mengue – Estadão Conteúdo)

Comentários