Brasil Covid-19

Casos confirmados de coronavírus em São Paulo aumentam fora da Capital

As 27 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba seguem sem casos confirmados de coronavírus
Casos confirmados de coronavírus em São Paulo aumentam fora da Capital
Pessoas com máscaras caminham no centro de São Paulo. Crédito da foto: Nelson Almeida / AFP (16/3/2020)

A Secretaria de Estado da Saúde registrou nesta segunda-feira (16) 152 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) em São Paulo. Destes, 145 residem na Capital.

As cidades de Santana do Parnaíba, Ferraz de Vasconcelos, Carapicuíba, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Santo André e Mauá têm um caso. O Estado também registra 1.177 casos suspeitos e 623 descartados. Até o momento, não há óbitos que se enquadram no critério técnico da doença.

Em 10 de março, o Estado tinha 19 casos confirmados do novo coronavírus. Destes, 18 residiam na Capital e apenas um em Santana do Parnaíba.

Medidas

Nesta segunda-feira (16), o governador João Doria anunciou a restrição do atendimento presencial nas repartições públicas estaduais. O objetivo é impedir aglomerações e reduzir a chance de disseminação do novo coronavírus.

A determinação é que os agendamentos deem prioridade a serviços digitais. Dessa forma, a população poderá ser atendida pela internet ou por correspondência.

Serviços como os do Detran.SP, Poupatempo e Centros de Integração da Cidadania vão priorizar serviços online e atendimento à distância. A rede de restaurantes Bom Prato terá horário estendido para redistribuir o fluxo de atendimentos, além de reorganização de mesas e cadeiras.

Locais fechados

As escolas públicas estaduais também iniciaram nesta semana a interrupção gradual das aulas presenciais. As instituições privadas podem aderir à estratégia.

Leia mais  Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil sobem para 234

 

Museus, bibliotecas e centros culturais administrados pelo Governo do Estado ficarão fechados por 30 dias. O governador também estende a recomendação para fechamento de cinemas, teatros e casas de espetáculos pelo mesmo período. Estão suspensos os eventos estaduais e a recomendação se estende aos de cunho privado. (Da Redação, com informações do governo do Estado de São Paulo)

Comentários