Brasil

Alesp dá início ao processo para cassar Cury

Alesp dá início ao processo para cassar Cury
Crédito da foto: Alesp

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) abriu ontem um processo de cassação do deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) por importunação sexual. O parlamentar foi flagrado pelas câmeras da Alesp, em 1º de dezembro, colocando a mão na lateral dos seios da deputada Isa Penna (PSOL), que o acusa de assédio sexual.

A decisão se deu por unanimidade — os dez deputados que compõem o colegiado votaram pela abertura do processo que pode levar à perda de mandato. Apesar de o grupo ter decidido prosseguir com a denúncia, Cury segue sua atuação parlamentar até que o caso seja encerrado pelo mesmo conselho.

Isa Penna comemorou a decisão do conselho — embora não faça parte do colegiado, ela pôde acompanhar a sessão online –, mas fez um alerta para que a pressão continue. “Não podemos baixar a guarda, pois a cassação não está garantida. A luta continua para que não haja impunidade no caso”, disse. (Estadão Conteúdo)

Comentários