Rota do Equilíbrio

Quais são os benefícios de correr descalço (em locais apropriados)?

Você consegue ter muito mais sensibilidade do terreno, e percepção do seu corpo (e dos feedbacks que o contato do pé com o chão dá).

Segundo o treinador e corredor Danilo Balu:

“O ideal seria a gente ou correr descalço, ou correr com o mínimo de entressola possível.

Eu gosto de chamar de entressola tudo aquilo que é material do tênis, o tênis em si.

Então quando eu falo “menos entressola” quero dizer “menos produtos”.

E eu acho que sim, o ideal seria correr ou descalço ou com o mínimo de entressola possível.

Mas vamos lá, imagina que você vai na casa de um colega e tá lá um canário na casa dele.

Daí ele vai falando “eu tenho esse canário há cinco anos aqui”.

Aí você fala “não, mas o ideal não é deixar o canário aqui na gaiola”.

Aí você abre a gaiola, o canário sai voando e uma hora depois o gato do seu amigo comeu o canário.

Assim: uma coisa é o ideal — e outra coisa é o que a gente tem.

A corrida… e as pessoas não gostam que eu lembre isso. Sempre que eu falo isso as pessoas da corrida não gostam.

Mas a corrida é esporte de gente velha: a gente pega a idade média do praticante da corrida, é de gente ali entre 35 e 45 anos, a maioria.

A pessoa mais nova ela está na academia, ela tá na faculdade. O esporte dela é jogar society com os amigos… gente mais nova não se direciona para a corrida.

Leia mais  Sal Rosa Do Himalaia É Realmente Mais Saudável?

Corrida, ele tá ali na faixa entre os 35 e 45 anos, estourando 50 anos.

Quando chega essa pessoa na assessoria de corrida, “nunca corri na vida, mas meu sonho é correr a São Silvestre”.

Você tem que imaginar. Vamos dizer que essa pessoa chegou com 40 anos, nunca correu e quer correr a São Silvestre.

Ela está há 40 anos usando 2cm de uma borracha dura abaixo do pé dela.

Não tem como você chegar para ela e falar “beleza. Eu estudei os tarahumaras (os os mexicanos da tribo tarahumara), e descobri que o ideal é correr descalço”.

Daí você pega um cara de 40 anos, sem passado esportivo, histórico esportivo, completamente enfraquecido, porque ele estava sedentário, e fala para ele correr descalço. É um convite para dar ruim!

É a mesma coisa que você pegar o canário que cresceu na gaiola e soltar porque o ideal é ele viver na natureza.

Você vai machucar essa pessoa.

Então correr descalço é o ideal? Eu sou bem adepto de que sim, é o ideal.

Mas Balu, você corre descalço? Eu, Balu, não corro descalço.

Eu treino desde menino — literalmente, desde menino.

Só que desde menino eu corria de tênis, porque se eu corresse descalço dos meus amigos eles iam me bater no recreio. Eu ia sofrer bullying. Eu corria de tênis.

Eu, Balu, corro com muito pouca entressola porque eu acredito nisso e me sinto muito melhor.

Um tênis tem que ter o mínimo de produto possível. Ele tem que ser maleável e leve. “

Imagina que essa mesma pessoa que ela vai procurar uma equipe de corrida, com uns 40 anos para correr.

Leia mais  Usar O Microondas Pode Trazer Riscos À Saúde

Imagina que ela vai correr de segunda e quarta, mas terça e quinta ela vai fazer aula de tricô, e de sábado ela vai nadar.

À medida que ela vai terça e quinta no tricô, a pessoa vai falar, vamos usar essa luva de boxe aqui para você tricotar.

“Pô, mas aí eu não vou ter o menor tato, como eu vou segurar a agulha do tricô com essa luva de boxe?”

Ou então, e aí chega no sábado e ela vai nadar. “Agora você vai nadar com essa luva aqui de boxe”. Ah, mas eu não sinto a água com essa luva de boxe.

Eu gosto de enxergar o tênis mais ou menos como uma luva de boxe a quem quer tricotar, quem quer desenhar, quem quer nadar.

Se você usa um tênis de 500g, você não sente o chão.

Como eu vou sentir o chão com esse tênis enorme?

Quem tem cachorro faz esse exercício: pega ali aquelas botinhas horrorosas de cachorro, coloca no cachorro.

Ele fica sem reação — porque ele não tem a sensação do chão, ele perde um feedback.

Então, como ela vai acertar o passo dela se ela tem meio kg de borracha nos pés?

Por isso que eu acho que quando você usa produtos com menos material você acaba aumentando a sensibilidade.

Leia mais  Maratona de Berlim anuncia cancelamento da edição 2020

Então é super importante isso.

Para quem já corre, ou para quem nunca correu, vai dar uma corrida em volta do quarteirão, descalça.

Aí a pessoa corre. Se a pessoa acabou a volta em todo o quarteirão dela, colocou o tênis e deu a mesma volta correndo, e você filmar, você vai ver como o padrão de corrida dela é completamente distinto.

A gente tem que olhar sempre o aspecto evolutivo.

O ser humano foi se desenvolvendo como espécie, ou descalço ou com muito pouco produto material na entressola — e aí vem alguém, um vendedor, e tenta te convencer que você tem que usar 500g no pé, e aí você não sente o chão.

Como eu vou correr se eu não sinto o chão?

Como eu vou nadar sem sentir a água e como eu vou tricotar sem sentir a agulha?

Então eu sou muito crente de que você deve usar pouco produto nos pés.

Descalço é um crime — quando a gente sabe que o público da corrida é mais velho (não num linguajar depreciativo, mas é mais velho).

Muita gente é sedentária, e ainda vem com um organismo todo enfraquecido de décadas sem praticar o esporte mais elementar que existe.”


Esperamos que tenha gostado desse trecho da entrevista com nosso amigo Danilo Balu, e sinta-se à vontade para continuar essa conversa nos comentários abaixo.

Forte abraço,
– Guilherme E Roney.

Comentários