Agenda Metropolitana

Noite Alemã e Ballet Stagium agitam o fim de semana em Piedade

Noite Alemã
Grupo Folclórico de Pomerode anima a Noite Alemã de Piedade (DIVULGAÇÃO)

Localizada a menos de 30 quilômetros de Sorocaba, Piedade é um destino interessante durante o ano inteiro para quem busca descontração em contato com a natureza. Porém, a cidade fica ainda mais atraente durante os eventos diferenciados que realiza periodicamente. Neste fim de semana, por exemplo, os visitantes podem se divertir participando da tradicional Noite Alemã ou assistindo a um espetáculo gratuito do Ballet Stagium, uma das mais importantes companhias de dança do país.

Comida típica
Mesa farta tem chucrute, salsichas, joelho de porco, repolho e chope (DIVULGAÇÃO)

No clima germânico

Em sua 15ª edição, a Noite Alemã acontece neste sábado (10), a partir das 19h, na sede da Associação Cultura e Esportiva de Piedade (Acep), mais conhecida como Kaikan ou Clube Japonês. A tradicional festa combina a gastronomia, a música e a dança germânicas com a descontração dos brasileiros, resultando em um ambiente alegre para a família inteira.

Outro destaque é o caráter beneficente do evento, já que toda a renda é destinada às entidades filantrópicas do município. Neste ano, o dinheiro vai para o Lar São Vicente de Paulo, O Lar da Mônica e a Casa Esperança.

Como em toda festança alemã que se preza, na de Piedade os comes e bebes são os principais atrativos. O cardápio tem dezenas de quitutes de dar água na boca, com destaque para sauerkraut (chucrute), kartofell (bata cozida), eisben (joelho de porco), rot-weisswurst (salsicha branca e vermelha), saure gurken (pepino em conserva), kartoffelsalat (salada de batatas) e rotkhol (repolho roxo), entre outros. Tudo isso, é claro, regado a chope, cerveja, apfelschorle (sucos de frutas em água gaseificada) e um destilado batizado de Jägermeister, o equivalente à cachaça brasileira.

Leia mais  Itapetininga comemora aniversário com 10 dias de música e teatro
Música típica
Dupla catarinense Sandro e Wilson toca músicas típicas (DIVULGAÇÃO)

A parte musical inclui, evidentemente, o ritmo frenético das polcas e a sonoridade do acordeão. Na hora do baile, a dupla catarinense Sandro e Wilson se reveza com o Grupo Folclórico de Pomerode, também do Estado de Santa Catarina.

Os organizadores da festa não exigem traje tipo alemão, mas quem aparecer à caráter, especialmente à moda tirolesa, com chapéu de abas curtas e penacho, calções com suspensório, colete, polaina ou usando vestido bordado com avental, à moda Auditório Municipal Rubens Caetano da Silva, o Cariocão, de Fritz ou Frida, vai beber chope de graça.

Serviço – O ingresso é individual e pode ser adquirido antecipadamente por R$ 85,00. No dia da festa a entrada custa R$ 95,00. Cada convite da direito a uma caneca. Os ingressos estão disponíveis no Auto Posto Hess e Mag Chalé (Rodovia SP-79, 121, Bairro Liberdade), Hugo Hess (Rodovia SP-250, km 107, telefone 15 3299-1280), Água Mineral Klarina (Bairro Roseira, telefone 15 3299-160) e Funerária Lemes (Rua Quintino Bocaiuva, 115, no Centro, telefone 15 3244-1390).

O Kaikan fica na SP-250, quilômetro 101, próximo ao cruzamento com a SP-79. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (15) 32990-1280 e (15) 9 9712-7828.

 

Leia mais  Itu, São Roque, Araçarigama e Tatui têm teatro de graça no fim de semana
Ballet Stagium
Stagium apresenta “O Canto da Terra”, uma viagem pelo Brasil (DIVULGAÇÃO)

Balé de estrelas

Piedadenses e visitantes têm a oportunidade de assistir neste domingo (11) a um espetáculo gratuito de uma das mais prestigiadas companhias de dança do país, o Ballet Stagium. A montagem “O Canto da Minha Terra” será apresentada no Auditório Municipal Rubens Caetano da Silva, o Cariocão, a partir das 19h. Nesta coreografia, os artistas Márika Gidali e Décio Otero se lançam na tarefa de desbravar, através da dança, toda a poesia que ecoa no universo sonoro de Ary Barroso (1903-1964).

“O Canto da Minha Terra” propõe um mergulho na constituição da identidade, transitando entre o particular e o universal, por meio da união dos artistas da cidade mineira de Ubá. Com essa obra, o Stagium cria um constante trânsito entre tradição e ruptura, estabelecendo uma estética própria e uma linguagem que leva à reflexão sobre o Brasil, com toda a sua complexidade social, histórica e cultural.

Leia mais  Salto, Cesário Lange e Araçoiaba abrem semana com espetáculos

A apresentação tem duração de uma hora. Embora a entrada seja grátis, o público pode colaborar com as entidades assistenciais do município fazendo a doação de um quilo de alimento não perecível. O evento é custeado pela Secretaria Estadual de Cultura e conta com apoio da Diretoria de Cultura do Município.

Serviço – O Cariocão está localizado na Rua Francisco Antônio Corrêa, 531, no Parque da Torrre. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3244-2670.

Comentários

Sobre o Autor

Agenda Metropolitana

Marinaldo Cruz Filho
Pernambucano de berço, Marinaldo Cruz Filho aportou em Sorocaba em 1978. O plano era cursar engenharia na Facens e seguir carreira na capital paulista. Ao invés disso, se apaixonou pela natureza exuberante da região, enveredou pela seara jornalística e nunca mais pensou em ir embora.
São exatas quatro décadas de conciliação entre o útil e o agradável, dedicadas a divulgar as belezas naturais e o modo de vida regional. Fez isso atuando nas funções de repórter, redator, diagramador, fotógrafo, editor e chefe de reportagem em publicações impressas e on-line do Cruzeiro do Sul – sua verdadeira escola durante quase 15 anos –, passando pelo O Estado de São Paulo, Diário de Sorocaba, Bom Dia Sorocaba e Folha de Piedade. Também encabeçou diversos empreendimentos particulares voltados à comunicação, como jornais e revistas, além de integrar as equipes de assessoria de imprensa das Prefeituras de Sorocaba, Piedade e Ibiúna.
“Agenda Metropolitana”, novo desafio em parceria com o Cruzeiro do Sul, representa um upgrade na divulgação dos atrativos regionais. O blog reunirá as opções de entretenimento oferecidas pelos 27 municípios da RMS (Região Metropolitana de Sorocaba) às suas populações e aos visitantes.