Rota do Equilíbrio


4 Dicas Inteligentes Para Otimizar e Ter Sucesso Em Sua Dieta




Ter resultados ao longo de uma nova dieta não é algo tão simples.

O que a gente mais vê por aí são pessoas que começam um novo estilo alimentar, se animam no começo mas logo desistem por não estarem conseguindo segui-lo ou não estarem tendo os resultados que imaginavam.

Então, continue lendo porque a partir de agora daremos 4 dicas que irão turbinar a sua dieta, fazendo com que os resultados apareçam de forma mais rápida e efetiva, o que te deixará ainda mais motivado(a) para segui-la corretamente e por mais tempo.

1) Tirar Uma Foto Ao Iniciar A Dieta

A gente sabe que a maioria das pessoas vai dizer que vai fazer isso mas acabam não fazendo.

Então pare tudo agora e tire a foto!

Tirou? Que bom, podemos continuar¿

No primeiro dia de seu novo estilo alimentar, procure tirar várias fotos suas em frente ao espelho, de diferentes ângulos e, de preferência, com o mínimo de roupas possível.

Como nos olhamos sempre no espelho, sem fotos de um passado mais longínquo, pode ser difícil observar nosso verdadeiro progresso. Por outro lado, tendo as fotos, fica muito mais fácil perceber nossa evolução.

Até porque é possível que a balança não mostre sua perda de peso de "maneira verdadeira", mas já vamos falar sobre isso em nossa próxima dica.

2) Pese-se Numa Balança e Tire Suas Medidas

Não tem nada mais motivador numa dieta do que ver seu peso e suas medidas diminuindo com o passar do tempo, não é mesmo?

Afinal você está se esforçando justamente para isso, e ver os resultados aparecendo e receber elogios é realmente muito gratificante.

Por isso, antes de iniciar sua dieta, tire algumas medidas do seu corpo como peito, cintura, quadris e coxas, pese-se e anote todas essas medidas em algum lugar.

Repita o processo uma vez por semana, de preferência sempre no mesmo dia e horário da semana (por exemplo, toda quinta-feira logo após acordar e ir ao banheiro).

Tirar as medidas corporais é mais importante do que parece.

Isso porque pode ser que a balança não esteja demonstrando tanto seu real progresso ¿ afinal você também pode estar passando por um processo de trocar gordura por músculos. Mas esse progresso só fica visível quando tiramos as medidas.

Outra ressalva é que não adianta ficar se pesando ou se medindo várias vezes ao dia. Durante um mesmo dia é normal que nosso peso varie em até 1 kg dependendo da pessoa. Portanto, fique tranquilo e estabeleça apenas um dia por semana para tal processo.

3) Receitas Saborosas E Que Emagrecem

Uma ótima estratégia para aumentar seu sucesso durante fase de transição de uma alimentação padrão para uma dieta é fazer receitas deliciosas que façam com que você nem perceba que está de dieta.

Afinal, emagrecer com saúde não requer que você coma apenas comida sem graça.

Até porque dessa forma você acabaria desistindo com muito mais facilidade: ninguém aguenta comer só frango e alface sem tempero todos os dias, não é mesmo?

Comidas saborosas facilitam muito a vida de quem está de dieta, tanto por diminuir seu sacrifício quanto por aumentar sua aderência a ela.

Pensando nisso que sempre postamos receitas deliciosas aqui em nosso blog Rota do Equilíbrio e também em uma sessão em nosso site especialmente dedicada às mais gostosas receitas low-carb.

Lá você encontra receitas como macarrão sem glúten, cocada sem açúcar, pizza sem farinha de trigo, e muito mais!

4) Grupos do Facebook

Além dos aplicativos para celular, mais uma vez a tecnologia pode ser um recurso valioso para auxiliar no emagrecimento e na saúde.

Isso porque existem diversos grupos no Facebook sobre o assunto: sobre dietas em específico, emagrecer sem dieta, emagrecer só com exercícios¿ enfim, a lista é enorme!

Esses grupos podem ser interessantes para você porque neles você pode tirar dúvidas com outras pessoas que fazem ou que já fizeram a dieta, e principalmente porque serve como troca de experiência.

Lembre-se: são pessoas que passam ou passaram pelo mesmo caminho que você está trilhando, enfrentaram os mesmos problemas, e que sabem como você está se sentindo.

Concluindo¿

Essas foram as 4 dicas que gostaríamos de passar para você hoje.

Na verdade essas são dicas que já ajudaram muitos de nossos leitores e até a nós mesmos!

E se você gostou dessas dicas, não perca as próximas postagens aqui no blog, porque daremos dicas para aquelas pessoas que conseguiram bons resultados mas que agora chegaram num platô de perda de peso.

Um forte abraço!





3 alternativas saudáveis para o açúcar




Em pleno 2018, já é conhecimento comum que comer açúcar em excesso faz mal para a saúde.

Entretanto, entre tantas opções de adoçantes, muitas vezes não sabemos o que usar para substituir.

Em primeiro lugar, a dura verdade.

A dura verdade é que provavelmente você está consumindo demais o sabor doce.

Seja na forma de açúcar ou de adoçantes (naturais ou sintéticos), de toda maneira a população ocidental consome o sabor doce de uma maneira excessiva, e não natural.

Apenas considere o seguinte: se nosso consumo de açúcar fosse restrito em termos de frequência (por exemplo, apenas uma vez no mês) a maior parte dos adultos saudáveis não precisaria se preocupar em substituí-lo.

No entanto, como nossa sociedade está realmente imersa numa cultura do açúcar (consumindo doces ou sobremesas quase que diariamente, além de refrigerantes, balas, confeitos, biscoitos, etc), é muito importante considerarmos alternativas.

Vamos explorar brevemente 3 substitutos de açúcar bem populares.

Alternativa saudável para o açúcar #1 - adoçantes naturais

O mais conhecido representante desta categoria é a estévia (ou stevia).

Ela é uma erva presente na natureza cujo extrato possui alto poder adoçante.

O extrato de stevia não tem praticamente nenhuma caloria (nem carboidrato) e sua popularidade tem crescido bastante nos últimos anos, sendo anunciada como uma alternativa saudável para o açúcar.

Inclusive, alguns estudos apontam que ela pode até mesmo apresentar alguns benefícios para a saúde humana.

A stevia pode adoçar de 70 a 400 vezes mais do que o açúcar de mesa comum, sem conter calorias nem elevar o açúcar no sangue.

Por isso, merece destaque em termos de popularidade e saúde - além de ser disponível a preços bem competitivos.

Alternativa saudável para o açúcar #2 - adoçantes artificiais

A denominação “saudável” para esse grupo é um tanto quanto polêmica.

No entanto, para consumo eventual, a maior parte dos adoçantes artificiais parece relativamente segura.

Dentre esse grupo, incluímos a sucralose, o aspartame e a sacarina.

Apenas se atente para o fato de que esses adoçantes não existem na natureza - e por isso não sabemos realmente como eles podem afetar nosso corpo no caso de consumo crônico e frequente.

(Alguns cientistas especulam que esses adoçantes possam afetar nossa flora intestinal, por exemplo.)

De todo modo, para uso ocasional, eles não parecem ser perigosos - e por isso acabaram entrando nesta lista.

Alternativa saudável para o açúcar #3 - álcoois de açúcar

Álcoois de açúcar (ou açúcares de álcool) são compostos naturais que possuem sabor adocicado.

Eles não são exatamente açúcar - e, fique tranquilo, também não são o álcool que consumimos.

O exemplo mais marcante de álcool de açúcar usado na culinária é o xilitol.

O xilitol pode ser usado em receitas doces na exata proporção que você usaria o açúcar.

No entanto, ele contém apenas cerca de metade das calorias do açúcar - e por isso é um favorito das pessoas que buscam reduzir os carboidratos da alimentação.

Na nossa opinião, ele merece lugar de destaque entre os adoçantes - por ser natural e saboroso.

Mas, como nada é perfeito, ele tem um defeito: o preço.

Comprar xilitol pode ser bastante caro, então vale a pena buscar bastante antes de comprar, porque você pode encontrar bons descontos na internet ou no mercadão da sua cidade.

Concluindo…

A verdade é que nossa sociedade como um todo tende a adoçar demais as coisas.

O sabor real dos alimentos tem sido negligenciado (por exemplo, quando foi a última vez que você tomou um café sem adoçar?) - e quem tem sofrido com isso é a nossa saúde.

De todo modo, vale a pena entender quais alternativas podem ajudar a diminuir o consumo de açúcar aos poucos.

Mas o mais importante é saber que vencer o nosso “vício em doces” passa por mais do que trocar a substância doce em si - e consiste sim em uma mudança de estilo de vida.





Melhores aplicativos para emagrecer




O ano está começando e, com ele, chega a vontade de resultados.

Muita gente se decide a melhorar o corpo na virada do ano (as chamadas resoluções de ano novo)- e aquele ânimo inicial faz com que elas busquem acertar a rotina de treinos e alimentação da melhor maneira possível.

Inclusive com o apoio da tecnologia.

Por isso, muita gente aposta no companheiro inseparável da modernidade para ajudar a derreter alguns quilos de gordura - e construir massa muscular: o telefone celular.

E a verdade é que alguns aplicativos podem sim ajudar você a atingir suas metas. Veja abaixo os 3 principais que separamos para quem deseja usar aplicativos de celular para emagrecer.

#1 - Aplicativos para controlar atividade física

A ideia desses apps é monitorar a sua taxa de atividade diária - seja ela caminhar, correr ou mesmo pedalar.
Algumas opções populares são:
- Strava
- Runkeeper
- MapMyrun

A ideia é que vendo o quanto (ou quão pouco¿) você se move no dia a dia, você fique motivado a aumentar essa atividade!

#2 - Aplicativos para contar calorias / macronutrientes

A ideia destes apps é você conseguir mapear quanto efetivamente está comendo - você pode ver o total de calorias e também de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras).

Pode ser interessante não só para ver o quanto você efetivamente come, mas também para conhecer mais a respeito dos alimentos.

Duas opções muito populares são:
- Myfitnesspal
- Fatsecret

Sendo que, a pedidos, já fizemos um vídeo ensinando a configurar o FatSecret corretamente.

#3 - Aplicativos para treino em casa

A ideia deste app é dar ideias para treinos interessantes quando você está viajando - ou sem condições de pagar ou ir a uma academia.

O mais famoso que conhecemos é o Freeletics.

Finalizando...

Todos esses aplicativos vêm para nos ajudar a ser mais saudáveis.

Por um lado, eles não devem em hipótese alguma substituir um médico, nutricionista ou educador físico.

Por outro, eles podem ser aliados a um plano bem traçado por um profissional para te ajudar a atingir e manter a boa forma.

De todo modo, a mensagem que fica é que é possível usar a tecnologia como aliada para sua saúde - afinal, ela não serve apenas para ficarmos em casa vendo Netflix. ;)