ARTIGOS

Deixe seus filhos viverem a infância


Geraldo Bonadio

Aprecie e divirta-se com os talentos e habilidades dos seus filhos em casa. Aos seus olhos de mãe ou pai, vê-los ensaiar os primeiros passos é presenciar um espetáculo muito mais emocionante que as melhores acrobacias de um grande equilibrista circense.

Quando os lábios da criança se abrem e emitem os primeiros sons, depositam um beijo em sua face ou trauteiam os versos iniciais da mais simples das canções, propiciam a você um privilégio que o Deus Eterno reservou àqueles que convivem muito proximamente com os pequeninos.

Cuidado, porém. O encanto dessas expressões infantis restringe-se à intimidade. Jamais tente fazer de seus filhos, em circunstância alguma, uma dessas crianças prodígio de programas de TV que brilham por uns poucos meses -- ou até por alguns anos --, mas nem sempre conseguem afirmar-se no mundo artístico quando adultos e, por isso, amargam uma vida de frustrações.

O pequeno espetáculo que procura fazê-los protagonizar, para mostrar a parentes ou amigos o quanto se acham desenvolvidos, pode ser divertido para você e acariciar seu ego de pai ou mãe de uma criança tão desembaraçada. Para a criança, pode ser uma situação desagradável e até mesmo assustadora, que cria um precoce e indesejável compromisso com o êxito. A reação dela à sua convocação para "beijar o titio ou mostrar como sabe andar ou bater palmas", pode ser embaraçosa.

Agradeça e louve ao Senhor pelo desenvolvimento de suas crianças. Alegre-se com a possibilidade de vê-las progredir no domínio sobre seus corpos e na conquista dos espaços que as rodeiam. Nunca as force a repetir, a seu pedido, o que mostraram espontaneamente, na intimidade, só para você. Elas têm a vida toda pela frente para deixar claro que têm talento e sabem usá-lo no cumprimento de suas tarefas profissionais ou na busca da realização individual.

Obrigá-las a darem um show para estranhos é um abuso e uma invasão da intimidade delas, capaz de gerar indesejáveis sequelas.

"Meus irmãos, não sejam infantis, mas usem a inteligência! Sejam como crianças em todos os aspectos no que diz respeito ao mal, mas quanto à mente, sejam pessoas maduras!"

Primeira Carta aos Coríntios 14:20
Cartas para Hoje



comments powered by Disqus