ARTIGOS

Faça uma nova aliança


Geraldo Bonadio
Um dos momentos mais importantes da celebração do matrimônio é aquele em que noivo e noiva trocam alianças entre si. O aro de ouro, que, daí para a frente, eles passam a trazer consigo no dedo anular, simboliza que suas vidas estão unidas.

Aliança é o ato de aliar-se; de estabelecer, entre as partes, um pacto ou ajuste. As pessoas se aliam porque, unidas por um compromisso de lealdade mútua, tornam-se mais fortes. Empresas, grupos sociais e políticos igualmente se aliam para mais facilmente alcançarem seus objetivos. Um exemplo? Estamos a quase um ano das eleições gerais de 2018, mas os partidos já alinhavam as alianças que desejam costurar entre si.

O Natal, que daqui a pouco estaremos celebrando, é, por excelência, a celebração de uma aliança. Ele recorda aquela que o Deus Altíssimo, por iniciativa dele, quis celebrar com todas e cada uma das pessoas. Inclusive -- e muito especialmente -- com você através de seu filho Jesus. O melhor de tudo é que essa é uma aliança válida não apenas até eleição do ano que vem, mas para sempre. Até o final dos tempos e para além desse final.

Para que ela se concretize e Deus esteja consigo em todos os momentos da vida, basta abrir seu coração ao Senhor Jesus. E que essa abertura alcance cada um de seus irmãos em humanidade, também eles filhos do mesmo Pai e, igualmente convidados a participar dessa nova, grande e eterna aliança.

Diga sim ao convite do Eterno. Aceite a aliança que lhe é oferecida e o seu Natal estender-se-á pelo ano que se aproxima e para além dele.

"Esta é a aliança que farei com o povo de Israel (...) -- diz o Senhor. Gravarei as minhas leis no coração e na mente deles. Serei o seu Deus e eles serão o meu povo. (...) Perdoarei todas as desobediências do meu povo e esquecerei completamente os seus pecados."

Jeremias 31:33-34
Nova Bíblia Viva
Geraldo Bonadio é jornalista. geraldo.bonadio@gmail.com



comments powered by Disqus