ARTIGOS

Deus é bom, leal e fiel


Geraldo Bonadio

Quando o ano se encaminha para o fim, tendemos a fazer dele uma avaliação de conjunto. -- "Passou tão depressa" é uma constatação de consenso, verbalizada mesmo por aqueles que, de janeiro até agora, murmuraram contra a lentidão com que se arrastavam os dias menos felizes.

Ambiguidades à parte, está é, também, hora de se contabilizar as perdas pessoais, emocionais ou materiais que os dias do ano que se finda nos trouxeram.

Quanta vez nos sentimos, mês após mês, a mais carente e solitária das pessoas e, inconformados, derramamos lágrimas ditadas pelo nosso sentimento de infelicidade. Apesar de tudo, nosso barco não foi tragado pelas intempéries, nossas pernas não bambearam quando tivemos necessidade de galgar pontos alevantados, percorrendo trilhas íngremes ou nos movermos, pé ante pé, ladeando perambeiras e abismos. E, assim, aqui estamos, cansados, quase à beira da exaustão, mas vivos, inteiros e sentindo, no fundo do coração, um gosto bom da vitória.
Ao final da trilha tortuosa e esburacada que percorremos até agora e antes de qualquer novo pedido ao Pai celestial, façamos um alegre agradecimento pelos sucessos e ganhos que obtivemos, graças às suas bênçãos generosas e constantes que, somando-se aos nossos empenhos, tornaram-nos vivos e fecundos.

Sobretudo, tenhamos a certeza de que o Eterno não nos haverá de desamparar em 2018, pois ele é bom, fiel e constante.

"Aclamem o Senhor todos os habitantes da terra! Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua presença com cânticos alegres. Reconheçam que o Senhor é o nosso Deus. Eles nos fez e somos dele: somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio. Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; deem-lhe graças e bendigam o seu nome. Pois o Senhor é bom, e o seu amor leal é eterno; a sua fidelidade permanece por todas as gerações."

Salmo 100:1-5
Nova Bíblia Viva



comments powered by Disqus