AGENDA

Agenda



Encontro de Mulheres - Ocorre hoje na cidade a 1ª edição do Encontro de Mulheres de Sorocaba na luta contra a violência às mulheres na América Latina. "Estaremos conectadas numa transmissão ao vivo, onde diversas mulheres de toda América Latina estarão juntas com o mesmo propósito", explicam as organizadoras do evento. A abertura será às 15h com música e dança com o bailarino Lucas Moraes. A roda de bate-papo está marcada para as 15h30, com as seguintes participantes: Emanuela Barros (advogada e ativista da pauta de luta pelos direitos das mulheres), Neia Mira (Instituto Plenu Cidadania e Projeto Promotoras Populares Legais), Thara Wells (mulher trans ativista e coordenadora geral da Associação transgênero de Sorocaba), Mya Machado (cantora e ativista feminista), Lourdes Carril (pesquisadora das questões étnico-raciais da UFSCar), Nátalin Guvea (historiadora dedicada à cultura e a arte), Rosalina Burgos (pesquisadora do tema dos espaços públicos - UFSCar) e Marília Cassaniga (ativista feminista). Haverá também intervenções artísticas com Silvana Sarti (exposição de desenhos), Monica Messias (exposição de desenhos e poesia) e Carol Serrano (flash tatoo). Haverá também comidas, drinques e brechó. O encontro terminará com uma dança circular pela paz no espaço público. O evento ocorre no espaço 178, que fica na rua Coronel José Loureiro, 178, das 15h às 21h. A entrada é uma peça de roupa em bom estado, para doação a mulheres em situação de cárcere.

Lançamento de livro - O autor sorocabano Lucas R. Machado estreia sua carreira de escritor com "Até para depois da vida", obra composta pela editora Autografia do Rio de Janeiro. O lançamento do livro ocorre hoje das 19h às 20h30 na Livraria Nobel Sorocaba (av. Barão de Tatuí, 867) e a entrada será gratuita. As vendas dos exemplares nesse dia serão revertidas ao Gpaci -- Hospital do Câncer Infantil. Em seu livro, Lucas aborda o bullying. Como protagonistas da trama, os apaixonados Daniel e Zoe entram em contato com a triste realidade vivenciada dentro das escolas. Na história, Daniel não é vítima direta do bullying, mas presencia os ataques sofridos pelas vítimas e tenta lutar contra esse preocupante problema por meio da solidariedade, da compaixão e do amor ao próximo. O livro foi escrito baseado no massacre escolar que ocorreu na Columbine High School, dos Estados Unidos. O ocorrido serviu como inspiração para Lucas R. Machado tratar da intolerância, preconceito e do bullying em sua obra. "A história traz ensinamentos valiosos sobre a vida, sobre a essência espiritual e sobre a prática e a importância em fazer o bem ao próximo", aponta o material de divulgação encaminhado à imprensa.

"Cúmplices do silêncio" - O Teatro Escola Mario Persico apresenta hoje a peça "Cúmplices do silêncio", às 20h. Na história, uma família da alta sociedade manipula tudo e todos e sustenta o tráfico de pessoas para exploração sexual. Uma morte leva a família até um escândalo e o esquema passa a ser investigado. A entrada custa R$ 20 (inteira). O espaço fica na rua da Penha, 823.

Contação de história - Hoje, às 16h, tem contação de histórias com entrada gratuita na Saraiva do shopping Iguatemi. A Cia. Os Tonicos contará uma história com o tema adoção.



comments powered by Disqus