ESPORTES

Tite planejou 'restabelecer' contato da seleção com a torcida

Gerente de futebol da seleção, Edu Gaspar declarou que traçou com Tite não apenas reerguer o time após tropeços na era Dunga, mas restabelecer o contato com a torcida. Em entrevista ao jornal "Daily Mail", o ex-jogador disse que algumas ações foram pensadas pela comissão técnica para reaproximar a seleção dos fãs.

Tite e Edu assumiram o comando da seleção em junho do ano passado, dois anos depois do fatídico 7 a 1 contra a Alemanha, na Copa do Mundo. "Antes, os jogadores da seleção não entravam nos hotéis pelas entradas principais. Sabe o motivo? Por que eles queriam entrar pela porta dos fundos [para evitar a torcida]? As pessoas só queriam nos ver. Agora nós entramos pela porta principal", afirmou Edu.

Para ter a simpatia dos torcedores, era preciso, primeiramente, motivar os atletas, diz Edu. Na seleção, Tite adotou o rodízio de capitães. A cada jogo, um atleta assume a braçadeira. "Eu e Tite nos preocupamos com a mentalidade. As pessoas estavam pensando sobre a seleção de uma maneira que nós não gostávamos. Quando as pessoas olham o Brasil, elas devem nos respeitar pelo nosso presente e nossa história. Estávamos perdendo isso, o time não estava próximo o suficiente da torcida".

"Algumas pessoas não podem pagar ingressos para ver nosso jogo. Então às vezes nós abrimos o treino para 50 mil pessoas". Nesta terça-feira (14), a seleção brasileira enfrenta a Inglaterra, às 18h (horário de Brasília), no último amistoso do selecionado na temporada.



OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus