CULTURA

Evento deve reunir músicos para celebrar o Dia Nacional do Samba


Mais de 200 músicos de Sorocaba deverão formar uma roda de samba para comemorar o Dia Nacional do Samba, celebrado em 2 de dezembro. A iniciativa está sendo coordenada pelo compositor e produtor musical Flávio Santos, o Flavinho Batucada, e visa promover a união entre sambistas de diferentes gerações.

Iniciativa inédita em Sorocaba, a grande roda de samba, que pretende ser a maior já registrada na história do estado de São Paulo, ocorrerá no próximo dia 2 (sábado), a partir das 18h, no Mercado Distrital de Sorocaba (rua Benedito Galdino de Barros, Vila Netinho). Segundo Flávio, cerca de 200 músicos já confirmaram presença nos primeiros chamamentos -- restrito apenas aos amigos -- , mas o número de participantes deverá crescer ainda mais, já que o evento é aberto a todos os interessados. "Todos os sambistas são bem-vindos, independente do nível. É só comparecer com o seu instrumento", destaca ele.

O evento pretende promover a integração entre os músicos do gênero e fortalecer o samba, gênero musical considerado uma das principais manifestações da cultura popular brasileira. "Existe a máxima que diz que no samba não tem união entre os músicos e a gente quer provar o contrário. Queremos mostrar que a cena do samba em Sorocaba é muito forte e que não existe individualismo", afirma Santos.

Natural de Pernambuco e radicado em Sorocaba há 5 anos, o músico destaca que a ideia de promover um encontro para celebrar o Dia Nacional do Samba, no qual todos os participantes cantarão e tocarão seus instrumentos ao mesmo tempo, surgiu durante os preparativos da programação do Mês da Consciência Negra, promovido pela prefeitura de Sorocaba. Segundo o compositor, o evento terá apoio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), que cederá o espaço para a atividade cultural.

O Dia do Samba foi instituído em 1962, quando foi realizado o primeiro Congresso Nacional do Samba. Desde então, as comemorações se espalharam em várias partes do país, especialmente no Rio de Janeiro.

Além de estar à frente da organização desse evento, Flavinho Batucada é um dos fundadores do projeto Conexão Zero15, uma roda de samba autoral que ocorre às segundas-feiras, no Barracão Londres (avenida Londres, 313, no Jardim Europa).

O projeto estreou em março deste ano e visa reunir diferentes gerações de sambistas de Sorocaba, que têm espaço de revisitar clássicos do gênero e apresentar suas composições autorais. A cada edição, os 10 integrantes fixos do projeto homenageiam artistas e grupos convidados. "Na última segunda-feira do mês a gente apresenta só as inéditas", comenta Batucada.

A entrada é gratuita, mas o público é convidado a doar um litro de leite ou um quilo de alimento não perecível como ingresso. Os mantimentos arrecadados, segundo Santos, são repassados para famílias carentes e instituições que realizam ações sociais na comunidade. "Até o oitavo mês nós já tínhamos arrecadado 5 mil caixas de leite", diz.

O coletivo de compositores já possui quatro músicas autorais gravadas e dois videoclipes lançados na internet. Em março do ano que vem, para comemorar um ano do projeto, o grupo pretende gravar um DVD com as composições produzidas neste período.



OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus