SOROCABA E REGIÃO

Mulher usa caderno para denunciar cárcere privado


Um homem foi preso em flagrante por cárcere privado, na manhã desta sexta-feira (6), após sua companheira pedir ajuda por meio de um bilhete colocado na agenda escolar de sua filha. O caso aconteceu no Jardim Refúgio, em Sorocaba, e a mulher, de 37 anos, relatou que vinha sofrendo ameaças de morte há algum tempo. A ocorrência foi registrada no Plantão Policial Norte onde, segundo o delegado Pedro Dalboni, o acusado permanecerá até este sábado (7), quando deve ser realizada uma audiência de custódia.

Segundo o cabo Fabrício, da Polícia Militar, a corporação foi acionada por uma escola de educação especial, localizada no centro da cidade, com o relato de que tinham encontrado, no material de uma das alunas, um bilhete com o relato de uma mulher que dizia estar sofrendo ameaças. "Como ele também havia retirado o telefone dela, a vítima resolveu relatar a situação pelo caderno da filha."

De acordo com o policial, no bilhete a mulher contava que estava prestes a sofrer um mal grave e temia pela vida, pois já havia sido ameaçada com um faca pelo companheiro, com quem vivia há poucos meses. "Resolvemos ir a fundo no caso e, com a chegada da viatura, ela nos relatou o que estava acontecendo." O homem, que estava na casa no momento da abordagem, foi quem abriu a porta para a Polícia Militar e, de acordo com os policiais, não apresentou resistência ao flagrante. 

De acordo com o delegado Dalboni, o acusado foi enquadrado por cárcere privado, pela Lei Maria da Penha, e à vítima foi oferecida a possibilidade de encaminhamento para um abrigo.


OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus