CULTURA

Novo clipe de Paula Cavalciuk é lançado nesta quarta-feira


Os óculos de aro redondo, uma característica já marcante da cantora sorocabana Paula Cavalciuk, são o único objeto que se conserva em meio a uma série de mudanças narradas no videoclipe da música Morte e vida uterina, dirigido pelo também sorocabano Daniel Bruson, que será lançado oficialmente nesta quarta-feira (4) no canal da artista no Youtube. A produção audiovisual foi realizada com apoio da Lei de Incentivo à Cultura de Sorocaba (Linc), do edital de 2016.

A canção autoral que abre o primeiro álbum de Paula Cavalciuk, Morte & vida (2016), cuja a sonoridade flerta com a guarânia paraguaia, já havia viralizado nas redes sociais no ano passado, quando a artista lançou um vídeo-protesto inspirado na campanha Por Todas Elas, em repúdio à cultura do estupro, à misoginia e à violência de gênero. O vídeo contou com a colaboração de inúmeras mulheres que enviaram mensagens de protesto.

Agora, sob a direção de Daniel Bruson, premiado no Anima Mundi 2016 com o curta Pete"s Story e diretor de arte da série Angeli the killer, recentemente exibida no Canal Brasil, Morte e vida uterina é ilustrado por cenas de resiliência protagonizadas por uma menina que vai se tornando mulher e durante o percurso é destruída e se reconstrói muitas vezes.

O clipe foi produzido com a técnica de stop motion, no qual objetos cotidianos, como botões, correntes, jornais, folhas secas e recortes de revistas, foram animados quadro a quadro.

Bruson também dirigiu o clipe anterior de Paula, O poderoso café, gravado nas ruas da região central de Sorocaba e lançado em fevereiro deste ano. Agora, além de dividir com Paula Cavalciuk o argumento, o diretor e designer assina a produção, animação e montagem que levou cerca de seis meses para ser finalizada.

Segundo Daniel, o processo de combinação de elementos, texturas, cores, criação de personagens e formas a partir do que cada cena pedia resultou de um processo "espontâneo e instintivo". "A fase de animação dos objetos é muito rica de ideias. Muitas coisas surgem na hora com a técnica de stop motion. A gente vai garimpando objetos, pesquisando cores e texturas e testando os movimentos que eles oferecem. Até no último minuto para finalizar o clipe eu estou incorporando ideias novas", conta o diretor.

Como contrapartida do projeto de fomento contemplado na Linc, Daniel Bruson realizará uma oficina gratuita de animação, com 30 vagas. A atividade será realizada no próximo dia 21, no Barracão Cultural, e a inscrição deverá ser realizada por meio de formulário online que será divulgado nos próximos dias.


OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus