ESPORTES

Time do Santos se recupera em casa e derrota o Atlético-PR


 
O Santos venceu o Atlético-PR por 1 a 0 ontem à noite, na Vila Belmiro, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. O time paulista agora tem um ponto a mais do que o Grêmio, que joga neste domingo, às 19h, contra o Bahia, em Salvador. O líder Corinthians (53 pontos) enfrenta o São Paulo também hoje, às 11h, no Morumbi.
 
A vitória alivia a pressão da torcida santista em cima da equipe, eliminada da Libertadores pelo Barcelona de Guayaquil na última quarta-feira (20), em casa. O técnico Levir Culpi, vaiado por parte da torcida quando o sistema de som anunciou a escalação, manteve Vecchio entre os titulares, no lugar do lesionado Lucas Lima. O meia, assim como no torneio sul-americano, teve atuação apagada, o que resultou num time pouco criativo.
 
O Santos até ficou um pouco mais com a bola no primeiro tempo do que o rival -- 52% segundo o site Footstats --, mas pouco conseguiu criar chances de gol. Foram apenas três finalizações certas. Duas delas no lance que resultou no gol de Bruno Henrique, aos 34 min, quando o Atlético-PR errou na saída de bola e viu o goleiro Weverton rebater o chute de Jean Mota nos pés do atacante santista.
 
"O chute cruzado eu acabei espalmando para o lado e o Bruno Henrique conseguiu fazer o gol. Era um chute difícil de segurar", disse o goleiro do clube paranaense na ida para o intervalo. O autor do gol, que havia sido expulso pela Libertadores após cuspir em Damián Dias, marcou pela sétima vez no Brasileiro e é o artilheiro isolado da equipe.
 
O Atlético-PR voltou para o segundo tempo com o volante Matheus Rossetto no lugar do argentino Lucho González e com o atacante Ribamar no lugar do meio-campista Sidcley. Ribamar perdeu chance clara de empatar, mas foi travado pelo zagueiro David Braz.
 
O Santos, que até havia iniciado melhor a segunda etapa, passou a ver o rival pressionar. Para conter o ímpeto do oponente, o técnico Levir Culpi trocou o volante Alison por Matheus Jesus, para tentar renovar o fôlego de seu time na marcação e na saída de bola.
 
Com o passar do tempo, o clube paranaense se lançou ao ataque. Por outro lado, ficou suscetível ao rápido contra-ataque santista. Em duas oportunidades, o time paulista quase ampliou com Bruno Henrique e Daniel Guedes, mas o placar ficou mesmo 1 a 0.
 
No próximo sábado (30), às 19h, o Santos vai até o Allianz Parque enfrentar o rival Palmeiras. O clássico poderá valer a posição na tabela. Caso a equipe alviverde vença o Fluminense neste domingo (24), chegará aos 43 pontos, um a menos do que os santistas. (Folhapress)
 
Santos 1 x 0 Atlético-PR
 
Santos - Vanderlei, Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo, Zeca; Alison (Matheus Jesus), Jean Mota e Vecchio (Serginho); Copete, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi
 
Atlético-PR - Weverton; Jonathan, Wanderson, Paulo André e Fabrício; Pavez e Lucho (Matheus Rossetto); Gedoz (Lucas Fernandes), Sidcley (Ribamar) e Nikão; Guilherme. Técnico: Fabiano Soares
 
Gol - Bruno Henrique, aos 34 min do 1º tempo
 
Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (MG)
 
Renda e público - Não informados
 
Local - Estádio da Vila Belmiro
 



comments powered by Disqus