CULTURA

Secretário de Cultura participa de audiência do PPA


Restauro de patrimônios históricos e estratégias para fomentar o turismo em Sorocaba foram os assuntos predominantes entre os vereadores, durante a participação do titular da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), Glauber Piva, na audiência pública realizada nesta quarta-feira (13), para discutir o Plano Plurianual (PPA).

A participação de Piva na audiência pouco depois das 19h e se estendeu até por volta das 21h. Em sua fala, de quase 50 minutos, o secretário falou em linhas gerais sobre o "eixo fundamental" que norteará sua gestão, assumida no final do mês passado. "Organizar a noção de política pública para cultura e turismo". Sobre cultura, ele repetiu que as ações para os próximos anos seguirão a legislação prevista no Plano Municipal de Cultura.

Entretanto, o titular da pasta não deu detalhes sobre dotação orçamentária e eventuais emendas que pretende sugerir ao texto final, que precisará ser emendado pelos parlamentares. Segundo Piva, as mudanças de rubrica em relação ao projeto original -- enviado ainda durante a gestão do prefeito cassado José Crespo (DEM) -- serão discutidas nesta quinta-feira (14), com os membros do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC).

O secretário pontuou um estudo do IBGE que afirma que 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil é movimentada pela chamada economia da cultura. Em seguida, falou sobre o "potencial turístico" da cidade em virtude dos patrimônios históricos materiais e imateriais. A fala foi endossada pelo vereador Luis Santos (Pros), que preside a comissão permanente de Turismo. A vereadora Iara Bernardi (PT) elencou uma série de prédios históricos da cidade que se encontram em estado de abandono, como o Palacete Scarpa, o Matadouro, o Casarão de Brigadeiro Tobias e a antiga Estação Ferroviária.

Piva reconheceu que, diferentemente da cultura, a área do turismo não possui um plano municipal. Segundo ele, desde que assumiu a pasta, a Secultur tem realizado uma reuniões com o Conselho Municipal de Turismo, para elaborar a criação de um plano para o setor, que deverá ser enviado para votação da Câmara em outubro.



OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus