ARTIGOS

Individualidade & convivência


Geraldo Bonadio
geraldo.bonadio@gmail.com



Você possui uma individualidade. Deus lhe concedeu a graça de ser absolutamente original, diferente de todos os bilhões de pessoas que, em outros tempos, habitaram o planeta; das que o habitam na hora presente e de todos aqueles que venham a habitá-lo em tempos futuros.

Pessoas que se parecem consigo pode haver muitas. Elas têm um ou vários traços assemelhados aos seus; nenhuma é uma réplica perfeita.

Viva sua individualidade em plenitude, sem ser individualista. Jamais ignore os demais nem viva como se não existissem.

Ensina o filósofo da Internet: ninguém é tão forte que nunca chorou; tão fraco que jamais venceu; tão autossuficiente que em momento nenhum precisou ser ajudado; tão sem valia que em alguma ocasião não tenha contribuído; tão sábio que em instante algum da vida não tenha incidido em erro; tão corajoso que desconheça o medo; tão medroso que nunca sentiu coragem; tão fechado que em momento algum se abriu para o amor; tão alguém que nunca tenha precisado de ninguém.

Movendo-se entre esses extremos absolutizados, construa e defenda sua personalidade. Evite as condições, igualmente tristes, de maria-vai-com-as-outras e de bloco-do-eu-sozinho.

Ajude e deixe-se ajudar. Assim poupará sofrimentos aos outros e a si mesmo. Contribua e saiba receber contribuição. Na dúvida, busque a ajuda que possa prevenir o erro. Encoraje sempre e permita aos outros encorajá-lo.

E, mais importante de tudo: ame e saiba ser amado. Somente assim atingirá, de modo pleno, a estatura que o Pai celestial deseja vê-lo alcançar. Sem ninguém é impossível chegar a ser alguém.

"Participem da alegria daqueles que estão alegres e da tristeza dos que estão tristes. Vivam em harmonia uns com os outros. Não sejam orgulhosos, mas tenham interesse real. Não permaneçam inflexíveis em suas próprias opiniões."

Carta de Paulo aos Romanos 12:15-16
Cartas Para Hoje

OCULTAR COMENTÁRIOS

comments powered by Disqus