SOROCABA E REGIÃO

Zoo tem programação especial nesta semana



Em comemoração ao Dia Mundial dos Crocodilianos, celebrado ontem, o Zoológico Municipal "Quinzinho de Barros" terá uma programação especial na quarta-feira (21). Palestras e uma exposição com exemplares de crocodilos empalhados estão na programação. Ontem, o Wally, um jacaré-açú de aproximadamente 45 anos e que há 40 mora no zoo de Sorocaba, foi a grande atração do dia. As atividades são organizadas pela Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins.

Para Francine Duo de Oliveira Santos, o passeio no zoo é uma diversão para os filhos e ver o jacaré-açu tão de perto valeu a manhã. "É sempre muito bom vir aqui, as crianças gostam e é lindo ver o jacaré assim, de perto, tão grande, é muito bom!".

O Jacaré-açu solto em seu habitat natural vive aproximadamente 80 anos e em cativeiro tem uma expectativa de vida de até 100 anos, de acordo com relatos e registros publicados. A espécie tem hábitos alimentares carnívoros, se alimentando de peixes, pequenas aves e mamíferos. Antônio Prieto Neto, médico veterinário do Zoológico de Sorocaba, ressalta que o Wally tem em seu cardápio uma dieta bem variada, não recusando alimentos que estão disponíveis na natureza. "Ele se alimenta de pequenas aves e animais desavisados que se aproximam do lago em que reside. Também são fornecidos a ele, proteína de origem animal, fígado e coração bovinos", contou Prieto.

Os jacarés costumam com frequência se aquecer com o primeiro sol da manhã, pois é um animal de sangue frio, e tem pouca capacidade de se aquecer.

Para comemorar o Dia Mundial dos Crocodilianos, na próxima quarta-feira (21) das 9h30 às 16h30 terá a exposição "Espécies brasileiras de crocodilianos". A exposição acontecerá no ônibus da Educação Ambiental, com exemplares taxidermizados (empalhados) e peças biológicas de algumas espécies brasileiras de crocodilianos. Às11h, 14h, 15h e 16h acontecerá a "Hora do bicho" com uma breve explicação, em frente ao recinto do jacaré-açu, sobre características e curiosidades desta espécie e do indivíduo que vive no zoo.

No Brasil, existem 6 espécies, todas de jacarés, ou seja, apesar de muita gente pensar o contrário, não existem crocodilos no Brasil. A espécie Melanosuchus niger, popularmente conhecida como jacaré-açu, é a maior do Brasil, chegando a pesar 300 quilos.

Serpentário interativo

Lançado na sexta-feira (9) o Serpentário Interativo do Quinzinho de Barros foi um dos atrativos do parque neste fim de semana. No evento de lançamento 530 pessoas aproveitaram para conhecer os animais do serpentário interativo, composto de répteis (cobras e lagartos) e dos anfíbios (sapos).

Foram colocados os QR Codes (códigos lidos pelos celulares) nas placas de algumas espécies que vivem no serpentário. Ao realizar a leitura do código pelo aplicativo, o visitante será direcionado a um vídeo sobre a espécie daquele animal. Carolina Barisson Sodré, Chefe de Educação e Educomunicação Ambiental, explica que o objetivo das ações são contribuir para que os visitantes do zoo aprendam ainda mais sobre as características biológicas e ecológicas dos animais.Para utilizar o QR Code das placas o visitante pode usar a rede Wi-fi que é gratuitamente disponibilizada no zoológico. (Da Redação com Secom Sorocaba)



OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus