SOROCABA E REGIÃO

Automedicação pode trazer riscos para pacientes com tosse crônica


A automedicação pode ser um grande perigo para quem sofre de tosse. Ao lançar mão de remédios, a pessoa corre o risco de, além de não aliviar o sintoma, ainda aumentar as enfermidades no organismo. "Muitos xaropes disponíveis no mercado têm açúcar em sua composição, o que pode ser um problema para diabéticos", exemplifica o médico Felipe Teixeira, cirurgião torácico da clínica Vitamed, de Sorocaba. "Outros medicamentos têm corticoides em sua composição, que também pode ser prejudicial a diabéticos, enquanto outros ainda têm ácido acetilsalicílico. Nesse caso, se a tosse for devido ao refluxo gastroesofágico, pode piorar o sintoma", complementa.

Sinal de alerta para uma série de doenças, a tosse é classificada pelo seu tempo de duração. Se a pessoa apresenta o sintoma há mais de oito semanas, considera-se que ela sofre de tosse crônica. Outras classificações são a tosse aguda (que dura até três semanas) e a subaguda (de três a oito semanas). Além de servir como critério para classificação, o tempo de duração também é útil para auxiliar no diagnóstico da doença que pode estar por trás do sintoma.

Procurar auxílio médico é fundamental para quem sofre de tosse. "É muito importante perceber os sintomas, o tempo de duração e se há algum outro sintoma associado, como febre ou falta de ar. Por isso é muito importante procurar o médico", recomenda Felipe. Segundo ele, há estudos que mostram que, com tratamento correto, há melhora em até 98% dos casos.

Psicológico

Além de ser o sinal de alerta para uma série de doenças (pulmonares ou não), a tosse pode atrapalhar bastante a vida da pessoa, inclusive no âmbito social. Quem sofre da enfermidade pode ter problemas para dormir e urinar, além de ser um fator de constrangimento social.

Os fatores psicológicos também podem colaborar para o surgimento da tosse. Quem sofre de asma, por exemplo, pode desencadear uma crise -- e, consequentemente, tossir bastante -- em momentos de riso ou choro. "Outra situação é quando as pessoas ficam nervosas e podem piorar um quadro de doença do refluxo gastroesofágico, também outra grande causa de tosse crônica", afirma o médico.


OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus