//
SOROCABA E REGIÃO

Construcap vence licitação para construir novo hospital regional


Rosimeire Silva
rosimeire.silva@jcruzeiro.com.br
A Construcap CCPS Engenharia e Comércio S/A será a responsável pela construção do novo hospital regional de Sorocaba. A empresa foi a vencedora da licitação realizada pelo Governo de São Paulo no modelo de Parceria Público-Privada (PPP). A assinatura do contrato está prevista para acontecer no prazo de até 60 dias, quando deverão ser iniciadas as obras. O prazo de conclusão é de até três anos.
De acordo com o Governo do Estado, o investimento para a unidade hospitalar é de R$ 248,4 milhões, incluindo obra civil e os projetos, equipamentos médicos e mobiliários, tecnologia de informação, instrumentação cirúrgica e transporte. O segundo hospital regional de Sorocaba será construído em uma área de 37 mil metros quadrados doada pela Prefeitura, na altura do km 106 da rodovia Raposo Tavares.
A nova unidade contará com 250 leitos, 96 dos quais para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e dez salas cirúrgicas. A empresa contratada irá operar o hospital por 20 anos e será responsável pela contratação de funcionários dos setores administrativo e operacional. Já a equipe médica e profissionais da saúde ficará sob a responsabilidade do governo do Estado. A unidade também contará com um serviço de diagnóstico por imagem completo, heliponto e um centro de ensino e pesquisa.
A abertura dos envelopes com as propostas das empresas ocorreu no dia 28 de maio. A licitação foi dividida em dois lotes. No primeiro grupo está o Hospital Estadual de Sorocaba. O segundo lote engloba outros dois novos hospitais a serem construídos, o Pérola Byington (Hospital da Mulher), na Capital, e a unidade de São José dos Campos. A Construcap CCPS Engenharia e Comércio S/A venceu os dois lotes da licitação, que juntos somam investimentos de R$ 772,2 milhões. Outros dois consórcios também participaram da licitação, sendo que uma das empresas chegou a entrar com recurso, o que provocou atraso na finalização do processo. O Governo do Estado não divulgou o nome dos demais concorrentes.
O anúncio da empresa vencedora foi feito ontem pelo governador Geraldo Alckmin em matéria divulgada pela imprensa oficial. De acordo com o governo, o processo de PPP gerou uma economia de 28% no custeio dos serviços de apoio que serão oferecidos nas unidades após a conclusão das obras.


OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus