CULTURA

Festival Paralelo: grandes músicos em ambiente informal


 
De forma colaborativa e homenageando o guitarrista Heraldo do Monte, o Festival Paralelo de Tatuí chega a sua terceira edição neste domingo e segue até o dia 27 (sábado). O evento é independente e ocorre paralelamente ao Painel Instrumental (evento do Conservatório de Tatuí). Os shows do Festival Paralelo são realizados no restaurante Capital da Música. A primeira apresentação, neste domingo, será o lançamento do álbum Sonido del sur, de Pedro Martínez. A programação traz ainda músicos de todo o Brasil e do exterior, ex-alunos e alunos do Conservatório e artistas que já foram nomeados a prêmios internacionais, além de realizar o lançamento de três álbuns inéditos. A ideia do festival, de acordo com a organização, é baseada na cultura de recepcionar músicos de diversas partes do mundo e, num meio informal, abrigar diversos shows. Depois da agenda do dia, o palco fica aberto para todos que quiserem se unir e tocar nas famosas canjas.

Toda a programação é oferecida ao público por preços acessíveis que variam entre R$ 3 e R$ 5.

Ao longo desses anos, o festival tem sempre homenageado grandes músicos, como nas edições anteriores com o saxofonista Vinícius Dorin e o baterista Nenê, respectivamente.

O festival traz uma média de público de 150 pessoas por dia. "O Festival Paralelo não se contrapõe ao Painel Instrumental. Na verdade, ele agrega. As pessoas vêm, principalmente, para assistir às atrações do Painel. O que nós fazemos é também aproveitar esse público para fazer o nosso festival, já que não teríamos verba para trazer os músicos de tamanha qualidade e tampouco público", reconhece uma das organizadoras do evento, Danielle Domingos. Bom exemplo é que o próprio homenageado do Paralelo, Heraldo do Monte, e também o músico Arismar do Espírito Santo, já estarão na cidade por conta do evento do Conservatório de Tatuí.

De acordo com a organização, o evento acontece com o apoio e boa vontade de quem ama a boa música. "Já recebemos nomes como Itiberê Zwarg e Thiago do Espírito Santo, e na agenda deste ano teremos a honra de receber os grandes Arismar do Espírito Santo e Sizão Machado e, o show de lançamento do álbum do guitarrista sorocabano Fabio Gouvea, ao lado do pianista francês Jean-Michel Pilc. A maioria das atrações é de grupos formado por pessoas que já tiveram algum vínculo com o Conservatório, mas o Conservatório não tem absolutamente nada a ver com o Paralelo. Não recebemos nenhuma ajuda da instituição", reforça Danielle. De acordo com ela, não existe verba para o evento que é realizado no restaurante cedido pela dona do estabelecimento. Os músicos são pagos com o que é arrecado das entradas. "De mais, vamos fazendo o que podemos com o espírito da coletividade. O som é emprestado de um, a decoração é feita por outro, e assim vamos!", declara.

Confira a programação:

Neste domingo - Show de lançamento do álbum Sonido del sur, de Pedro Martínez, com Oscar Aldama (piano), Álvaro Ponce de León (bateria), e participação de Paola Cuadros e Diego Garbin. Ingresso: R$ 3

Segunda-feira, dia 22: Show de Rodrigo Digão acompanhado de Fi Maróstica (baixo), Salomão Soares (piano) e participação de Fábio leal. Ingresso: R$ 3

Terça-feira, dia 23: Show com Noneto da Casa, formado por Diego Garbin (trompete), Reynaldo Izeppi (trompete), Fábio Oliva (trombone), Dô de Carvalho (sax/flauta), Wellington Viana (sax/tenor/flauta), Felipe Romagna (sax tenor/soprano), Rafael Amarante (guitarra), Tiago Di Bella (baixo) e João Casimiro (bateria). Ingresso: R$ 3

Quarta-feira, dia 24: Show com Sizão Machado Septeto, formado por Fulvio Moraes (bateria), Alan Palma (trombone), Richard Ferrarini (sax tenor), Fabio Leal (guitarra), Léo Ferrarini (piano) e Diego Garbin (trompete). Ingresso: R$ 3

Quinta-feira, dia 25: Show com Arismar do Espírito Santo e Grupo, formado por Fabio Gouvea (guitarra), Paulo Almeida (bateria), Beto Correa (piano), Jota P (sax) e Serginho (trombone)

Sexta-feira, dia 26: Show de lançamento do CD So close, so far, de Fabio Gouvea, com Rodrigo Digão (bateria), Felipe Brisola (baixo), Diego Garbin (trompete), Jean Michel Pilc (piano), Danielle Domingos (voz). Ingresso: R$ 5

Sábado, dia 27: Show de lançamento do álbum Caburé, de Gui Silveras e grupo formado por Hooper Santos (trombone), Nando Vicencio (sax tenor), Richard Fermino (trompete, flugelhorn, sax alto, clarinete e fagote), Tiago Rato Mecatti (bateria), Fabiano Nunes (baixo) e Rebeca Friedmann (violoncelo). Ingresso: R$ 3

Serviço

Todos os shows do Festival Paralelo começam entre 22h30 e 23h. O evento acontece no restaurante Capital da Música, que fica na avenida Coronel Firmo Vieira de Camargo, 161, Centro, em Tatuí.



comments powered by Disqus