SOROCABA E REGIÃO

Justiça dá 15 dias para ALL retirar vagões abandonados

Uma liminar da Justiça deu prazo de 15 dias para que a empresa ALL (America Latina Logística) realize a remoção de centenas de vagões em estado de abandono, parados no entorno da estação ferroviária de Iperó, localizada no bairro Novo Horizonte. O prazo passa a valer a partir da data da publicação no diário oficial do estado.
Caso os vagões não sejam retirados no prazo, a empresa pagará multa diária de R$ 100,00, convertido em perdas e danos para o município.

A decisão judicial se deve à ação movida pela Prefeitura de Iperó, após tentar por mais de cinco anos um acordo direto com a empresa. A situação de abandono dos vagões acarreta vários transtornos à cidade, sendo utilizados para a prática de ações criminosas. Além disso, o acúmulo de água das chuvas nos vagões serve de criadouro ao mosquito da dengue.


A retirada do material é uma antiga reivindicação dos moradores dos bairros Novo Horizonte e Vila Santo Antônio, que atravessam a área para chegarem ao centro. A Prefeitura, atendendo à solicitação destas comunidades, iniciou em 2005 um projeto de urbanização da região, que previa além da retirada dos vagões abandonados, a restauração de ruas e prédios históricos, além da construção de passarela para pedestres e outras melhorias.

Neste projeto de urbanização, várias etapas já foram concluídas. Entre os prédios históricos reformados está o do antigo pernoite (casarão onde os maquinistas pernoitavam na troca de turno), o antigo Armazém de triagem de cargas, onde atualmente está estabelecida a nova sede do Ceconti (Centro de Convivência da Terceira Idade).

A antiga Estação Ferroviária está sendo restaurada. Futuramente o local se tornará o Centro Cultural de Iperó e vai abrigar o cinema da cidade. Também estão em andamento as obras da passarela que ligará o bairro Novo Horizonte aos bairros próximos ao centro.



OCULTAR COMENTÁRIOS
comments powered by Disqus