REPÓRTER CIDADÃO
Publicidade (passe o mouse para ouvir)


Comemorando




Este ano, Sorocaba voltou a comemorar o 15 de agosto com o tradicional desfile cívico pelas principais ruas do Centro. E a população, mesmo debaixo de chuva, não deixou de prestigiar as apresentações dos estudantes e corporações, que fizeram sua homenagem à cidade e seus 363 anos. Neste tipo de evento, as fanfarras sempre estão entre as grandes atrações, com sua sintonia, precisão e energia. Na imagem, o flagrante do detalhe de uma delas, pelas lentes do repórter-fotográfico Erick Pinheiro.

Solto na rua




Um cavalo solto em plena avenida Itavuvu, na zona norte da cidade, colocou em risco pedestres e motoristas na última sexta-feira, dia 11. Ao dividirem as vias com os carros e as pessoas que trafegam a pé, estes animais tumultuam a circulação e podem acabar provocando, por exemplo, a necessidade de um desvio ou freada brusca dos carros. Em Sorocaba, a lei municipal 8.354 proíbe a criação e a manutenção, na zona urbana, de suínos, caprídeos, ovídeos, bovídeos e equídeos. Os responsáveis por estes animais podem, inclusive, ser multados pela Prefeitura.

Ferrovia




Na semana do aniversário de Sorocaba, a leitora Silene Ferraz faz sua homenagem com um belo registro de um dos patrimônios históricos e arquitetônicos da cidade: a Estação da Estrada de Ferro Sorocabana. O prédio imponente, que há muito tempo clama por mais cuidado e obras estruturais e de restauração, é um marco da época áurea da ferrovia, que movimentou e foi o foco principal da economia da cidade por muitos anos.

De olho




O FUNDADOR - No dia em que Sorocaba completa mais um aniversário -- e já são 363 anos -- esta bela imagem do repórter-fotográfico Emídio Marques é uma homenagem à cidade. No Largo de São Bento está a estátua de Baltazar Fernandes, quem fundou Sorocaba, em 1.654. Ele que fez questão, ao chegar aqui, de erguer uma capela em louvor à Nossa Senhora da Ponte na mesma região -- onde hoje é o centro da cidade -- tem sua imagem eternizada neste local. 

Fogo no sofá



Como se não bastasse a falta de chuva e consequente tempo seco -- que já deixam o ar pesado e prejudicam a saúde de muita gente -- algumas pessoas ainda insistem em colocar fogo em mato, áreas e objetos. Na foto, o flagrante do repórter-fotográfico Erick Pinheiro de um sofá em chamas, no Jardim do Sol, em Sorocaba. A fumaça escura podia ser vista de longe e contribuiu ainda mais para piorar a qualidade do ar na cidade. Isso sem contar a sujeira e entulho que restaram no local.