DESTAQUES DA TV
Publicidade (passe o mouse para ouvir)


'A Liga Extraordinária' - Band, às 22h30



O filme é baseado no primeiro volume da história em quadrinhos de mesmo nome, e conta a saga de grandes nomes da literatura mundial que são reunidos pela Rainha Vitória da Inglaterra para combater um homem que deseja dominar o planeta. Entre os convocados para enfrentá-lo estão Allan Quatermain, Mina Harker, Dorian Gray e o Dr. Jekyll. Todos estes heróis terão que enfrentar o temido Fantasma, inspirado no livro "O Fantasma da Ópera" de Gaston Leroux, e o Professor James Moriarty, das histórias de Sherlock Holmes, que pretende dominar o mundo. O filme é dirigido por Stephen Norrington.



'A primeira vez de uma mulher' - Futura, às 18h45



O documentário dirigido por Dafne Capella narra a história de três brasileiras pioneiras, que lutaram para exercer pela primeira vez uma função antes apenas permitida a homens e ilustram a trajetória da luta feminina desde o início século XX aos dias de hoje. Entre elas, Alzira Soriano, a primeira prefeita brasileira, no Rio Grande do Norte; Eleonora Mendonça, a primeira maratonista olímpica; e Nilma Lino Gomes, a primeira mulher negra reitora de uma universidade federal. Com relatos e abordagens históricas, o vídeo traz como pano de fundo a luta feminina em uma sociedade que dá mais espaço e destaque aos homens.

'Sudoeste' - Arte 1, às 18h15



Em sua estreia na direção, Eduardo Nunes conta a história de Clarice, que mora em uma cidade pacata e anônima e, durante um dia apenas, vê sua vida se desenrolar de maneira circular, da morte ao nascimento, e depois à velhice mais um vez. Ela observa as pessoas ao seu redor, que não envelhecem, e que não entendem sua existência. Esta mulher deve compreender a importância de temas fundamentais como a vida, a morte, a maternidade e a violência. A fábula sobre o tempo, filmada em preto em branco, foi premiada no Festival de Havana em 2011, e no de Cinema Luso-Brasileiro no ano seguinte.



'Robocop' - SBT, às 23h15



Numa investigação que envolve policiais corruptos, o agente Alex Murphy vê sua vida mudar radicalmente: seu parceiro é gravemente ferido e ele mesmo é vítima de um atentado que o deixa com 80% do corpo dilacerado. Sob o pretexto de salvá-lo, a empresa de tecnologia robótica omnicorp substituiu partes do seu corpo por peças mecânicas, transformando-o no primeiro policial robô com consciência humana (Robocop). O clássico filme policial de 1987 é dirigido por Paul Verhoeven.



'BR 716' - Canal Brasil, às 22h



Lançado em setembro do ano passado nos cinemas, o longa é inspirado na própria história de vida do diretor Domingos Oliveira e relembra a época em que ele morava no prédio 716 da rua Barata Ribeiro, em Copacabana. O apartamento é o ponto de encontro e praticamente o único cenário dessa história. As salas e quartos estão sempre repletas de amigos de Felipe, em sua maioria, jovens de classe média e alta experimentando um momento de liberdade pouco tempo antes do regime militar cercear direitos básicos dos brasileiros.



'Debate - BNCC - Futura, às 21h



O canal estreia hoje a série de quatro programas sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) -- que será referência obrigatória para a elaboração dos currículos de educação básica e que foi entregue ao Conselho Nacional de Educação no dia 6 de abril. O primeiro será focado nas avaliações e mudanças que deverão ser implementadas com a Base Comum. Para discutir sobre o assunto, serão entrevistados, no estúdio, Nilma Fontanive, membro do Conselho Nacional de Educação; e, por Skype, Antonio Góis, jornalista e consultor de Educação do Canal Futura; Paulo Magri, secretário de Educação de Novo Horizonte (SP); e Cleuza Repulho, representante do Movimento pela Base Nacional Comum.

'Uma ladra sem limites' - Record, às 23h30



Sandy Patterson é um paizão, trabalhador e anda louco por uma promoção para melhorar a saúde financeira da família que vai crescer ainda mais, já que sua esposa está grávida. Quando ele estava prestes a dar um salto profissional significativo, descobre que seu nome está sendo usado indevidamente por alguém em outro estado. Com a polícia de mãos atadas para resolver o seu caso, ele resolve viajar para convencer a pilantra a se entregar. Só que a missão fica ainda mais complicada na medida que outras pessoas, entre eles um caçador de recompensas, também querem a cabeça dela.

'Beatles: a hard day"s night' - Bis, às 21h30



O ano é 1964 e a Beatlemania está no seu auge. Enfrentando produtores nervosos, fãs histéricos e parentes problemáticos, Paul, John, George e Ringo buscam de todas as maneiras se divertir e ao mesmo tempo cumprir seus compromissos firmados. Dirigido por Richard Lester, o longa-metragem foi indicado a dois prêmios no Oscar e conta com uma icônica cena: a guitarra de 12 cordas de George Harrisson dá o tom da abertura do primeiro filme estrelado pelos Beatles, que naquele momento almejavam imitar a carreira cinematográfica de astros da música como Elvis Presley.

'Se assoprar posso acender de novo' - Canal Brasil, às 18h



Na "Faixa Musical" de hoje será apresentado o especial inédito, que faz uma homenagem a Adoniran Barbosa (1910 - 1982) reunindo repertório inédito do cantor e compositor. Dirigido por Lucas Mayer e Pedro Serrano, o especial começa com "O Rostinho de Maria", com Fernanda Takai e Leo Cavalcanti. Na sequência, Eduardo Pitta entoa "Ninguém Pode Negar", e Ana Julia e Kiko Zambianchi cantam "Só Vivo de Noite". Ney Matogrosso empresta sua voz para "Passou" e Liniker interpreta "Barzinho". A atração termina com "Messias", canção interpretada por Lulinha Alencar, Gabriel Salvage e Nicolas Krassik.

'Cenas de um casamento' - Arte 1, às 0h



Dirigido pelo cineasta sueco Ingmar Bergman, o filme traz a história de um médico e uma advogada com carreiras consolidadas, casados há 10 anos. Com duas filhas e uma vida confortável, o casal tem, aparentemente, um relacionamento bem-sucedido. Depois de uma entrevista para a televisão, em que a repórter investiga justamente o casamento de sucesso, eles passam a questionar o que vivem. O longa-metragem venceu a categoria de melhor filme estrangeiro do Prêmio NBR em 1974 e do Globo de Ouro no ano seguinte.