Digital & Tal


Whatsapp para empresas é lançado definitivamente!




Por Cesar Ramon Del Rio Jr.
 
Oficialmente, ontem pelo seu blog, o aplicativo de mensagens mais utilizado no mundo anunciou o lançamento do Whatsapp Business, sua versão direcionada para negócios.
 
Todo mundo sabe que o Whatsapp se tornou uma grande ferramenta de negócios, aliado a velocidade de troca de informação e a informalidade nas negociações. Com esse novo aplicativo você conseguirá separar as mensagens pessoais das mensagens da empresa, deixando mais limpo sua lista de mensagens.
 
Com esta versão as empresas terão muito mais facilidade para se conectarem com seus clientes e com os 1,3 bilhão de usuários, que também terão a possibilidade de contactar empresas que lhes são interessantes.
Mais de 80% das pequenas empresas do Brasil e da Índia afirmam que hoje o WhatsApp os ajuda na comunicação com seus clientes e com o crescimento de seus negócios - (fonte: estudo Morning Consult).
 
Conheça as Funcionalidades do Whatsapp Business
 
Perfil Empresarial: Ajude os clientes com informações úteis, como por exemplo, uma descrição comercial, e-mail, endereço físico e website.

Ferramentas de Mensagens: Economize tempo com ferramentas de mensagens inteligentes -respostas rápidas para as perguntas mais freqüentes, mensagens de saudação para apresentar sua empresa aos seus clientes e as mensagens de ausência para que seus clientes saibam quando você estiver ocupado.

Estatísticas de Mensagens: Analise de métricas simples, como por exemplo o número de mensagens que foram lidas, e entender o que está funcionando para sua empresa.

WhatsApp Web: Envie e receba mensagens com o WhatsApp Business usando seu computador.

Tipo de Conta: As pessoas saberão que estão se comunicando com uma empresa, pois você será listado como uma conta comercial. Com o passar do tempo, algumas empresas terão Contas Confirmadas assim que tiver sido verificado que o número de telefone da conta corresponde ao número de telefone da empresa.



Whatsapp Business - Divulgação Whatsapp Business - Divulgação



Os usuários precisarão baixar?

Não, os usuários utilizaram o Whatsapp convencional para se comunicarem com as empresas  e também continuarão a ter controle total sobre as mensagens que recebem, com a opção de bloquear qualquer número, incluindo os de empresas, bem como reportar spam.
 
As empresas pagarão para ter o aplicativo?
 De acordo com um porta-voz do WhatsApp, o conjunto de recursos atual permanecerá livre a longo prazo, mas o WhatsApp planeja cobrar recursos adicionais no futuro. Eventualmente, assumirá um modelo de freemium (pago, mas com recursos adicionais), mas pelo menos a empresa não planeja tirar qualquer recurso existente.


Importante!
A versão Whatsapp Business ainda não está disponível para baixar no Brasil, o que só vai acontecer nas próximas semanas. A versão para iOS também será liberada num futuro bem próximo.


Website do Whatsapp Business:
www.whatsapp.com/business
 
Acompanhe os posts do Digital & Tal através da nossa página no Facebook. Clique aqui.





Facebook e a dor de cabeça aos sobrinhos




 Por Ericson Canavan
 
Na última sexta-feira, 12/01, publicamos aqui no Digital & Tal o anúncio feito por Mark Zuckerberg sobre as mudanças no Facebook, dando prioridade às publicações de amigos e familiares e tornando a forma orgânica de publicações de páginas empresariais quase nula, fazendo com que estas quase que obrigatoriamente invistam em suas publicações para aparecerem ao seu público. Enfim, todo mundo viu e ouviu.
 
A partir daí começou uma grande enxurrada de comentários pessoais elogiando e mandando: “até que enfim teremos de volta uma rede social” mas da mesma forma vieram as empresas em suas fan pages reclamando pela fatal perda de audiência.
 
Há também um terceiro ponto que são certas empresas e profissionais de marketing (principalmente marketing digital) se posicionando com certo desconforto, pois “isso vai acabar com o alcance de nossos posts de informações e ofertas”, e é aqui que vejo que se encaixam os famosos sobrinhos (amadores que se julgam profissionais, cobram mais barato e prostituem o mercado).
 
Venhamos, o propósito do Facebook sempre foi ser uma rede social (ainda é chamado assim, apesar de obviamente querer ter lucro com isso) e não um portal de notícias ou um grande classificado de ofertas. Porém as empresas viram uma grande concentração de seu público nessa rede e com isso uma forma de aparecer para eles “de forma barata”, segundo esses mesmos sobrinhos.
 
Neste momento o uso dos “sobrinhos” precisa ser reavaliado, pois se estes acham que a mudança em uma ferramenta vai comprometer definitivamente o resultado online das empresas, pode ser sinal de que eles estão sem (ou não possuem) uma estratégia bem definida e que só sabem trabalhar com o Facebook, certo?
 
Será que não está na hora das empresas realmente procurarem bons profissionais e empresas que estejam preparadas para essas mudanças e tragam de forma estratégica o retorno esperado independente do canal investido?
 
Existem várias maneiras de fazer isso de forma consciente e efetiva. Vou listar aqui alguns links de posts que trazem informações ricas e que podem ajudar no processo de procurar um profissional ou empresa adequada de forma mais tranquila. Seguem os links:
 
- Agência de Marketing Digital: como escolher a melhor para seu negócio
 
- 5 vantagens reais de contratar uma agência de marketing digital
 
- Os 8 fatores que você deve prestar atenção para escolher bem uma agência de marketing digital
 
 
Até mais.
 
Acompanhe os posts do Digital & Tal através da nossa página no Facebook. Clique aqui.





Facebook anuncia: mais família e menos empresa




Por Cesar Ramon Del Rio Jr.

Ontem, dia 11 de janeiro de 2018, Mark Zuckerberg anunciou algumas mudanças no comportamento da Timeline do Facebook.

A ideia agora é priorizar os conteúdos familiares, de amigos e grupos que você participa e reduzir drasticamente a entrega e engajamento dos conteúdos "públicos", sejam eles, anúncios de empresas e conteúdos com grande compartilhamento.

Muitas empresas fazem vista grossa para essa notícia, mas ela vem para ajudar ainda mais a manter o Facebook como uma REDE SOCIAL, o que estava acontecendo muito recentemente era essa perda de identidade, ficando apenas focada nos negócios, o que prejudica a filosofia e o propósito que tornou a rede social a maior de todas, com mais de 2 bilhões de usuários no mundo.

Cita Mark Zuckerberg:
"Uma das nossas grandes áreas de foco em 2018 é garantir que o tempo que todos nós gastamos no Facebook seja um tempo bem gasto.
Nós construímos o Facebook para ajudar as pessoas a ficarem conectadas e para nos aproximar das pessoas que importam para nós. É por isso que sempre temos amigos e família no núcleo da experiência. A pesquisa que realizamos mostra que o fortalecimento das nossas relações melhora o nosso bem-estar e felicidade.
"

Outro fator importante que Zuckerberg comenta é que posts ao vivo e posts corporativos que levantarem discussões sobre assuntos mais importantes terão também mais destaque, exclusivamente pela interação deles com o público e pela criação de conexões pessoais.

"No seu melhor, o Facebook sempre foi sobre conexões pessoais. Ao concentrar-se em aproximar as pessoas -- Quer seja com a família e amigos, ou em torno de momentos importantes no mundo -- Podemos ajudar a garantir que estar no Facebook é um tempo bem gasto", diz o fundador do Facebook.

Muito em breve essas mudanças já serão sentidas pelos usuários, agora é esperar e ver se as mudanças trarão realmente mais engajamento para o Facebook.

E você acredita que isso possa atrapalhar nos seus negócios?
Um grande abraço,

Acompanhe os posts do Digital & Tal através da nossa página no Facebook. Clique aqui.